quinta-feira, 3 de março de 2011

Noite italiana

Com o friozinho que está fazendo em São Paulo, a primeira comida que me vem à cabeça é ragu. Logo de manhã fui ver os meus congelados e lá estava um pacotinho de ossobuco com duas peças! 

Dentre todas as variedades, o de ossobuco é o meu favorito, então não pensei duas vezes, deixei descongelando o dia todo. O ragu além de uma delícia é muito prático, pois apesar do tempo que leva para fica pronto, o trabalho é mínimo: você o coloca na panela e esquece!



Ragu de Ossobuco

Ingredientes
2 peças de ossobuco de boi processadas
1/2 cebola picada
2 dentes de alho picados
1/2 cenoura ralada
1 lata de tomates pelados
1 xícara de molho de tomate
2 folhas de louro
1/2 garrafa de vinho tinto (375ml) => utilize um vinho que você também possa beber, pois conforme os italianos "aquilo que não é bom para beber, também não é bom para comer"
sal, pimenta-do-reino e azeite a gosto

Como fazer
Doure a cebola no azeite, em seguida adicione o alho, a cenoura, os tomates e a carne.
Complete com o molho de tomate e o vinho.
Cozinhe em fogo baixo por 3 horas, checando a cada 30 minutos. Se começar a secar, adicione água, uma xícara por vez.
Deixe para acertar o sal ao final.
Se quiser congelar, ele dura até 3 meses no freezer e não perde o sabor quando descongelado.

* Acompanhe com qualquer massa, polenta ou purê de mandioquinha (foto).

Nota: Tradicionalmente o ragu leva entre 5 e 8 horas para ficar pronto. O que significa trabalho para um domingo inteiro. A solução que encontrei para viabilizar o prato para um jantar durante a semana é processar a carne antes de colocá-la na panela. Peça para o açougueiro fazer isso para você ou use um processador.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, sugestão ou crítica!

Bruna