sexta-feira, 20 de maio de 2011

As clássicas

Pense na Argentina. Deixe a richa futebolística de lado e pense na culinária. Qual o primeiro prato que vem à cabeça? Na minha é a empanada! Sem dúvida é o prato mais típico dos hermanos, saboreada como entrada, lanche ou até refeição, do norte ao sul do país.

Ela é tão tradicional, que tem muitas versões. Mas talvez as duas mais conhecidas de nós, brasileños, sejam a salteña, com batatas e condimentos picantes, e a mendocina, que por estar na região dos vinhos e azeites, leva azeitonas. A segunda versão me agrada mais.

Então, para combinar com o Pastel de Choclo chileno do menu de ontem, decidi me aventurar nas empanadas mendocinas. A receita já estava separada desde o começo do ano, quando ganhei de um casal muito querido o livro do chef argentino Francis Mallmann (assinado e tudo!!!), Siete Fuegos Mi Cocina Argentina.

Embora pareça complicada, a receita é simples e não tomará tanto tempo, se dividida em duas etapas. Um dia antes prepare o recheio e a massa. No dia, apenas monte e asse. Só uma consideração, não use carne moída. Faça como os argentinos e asse uma boa carne, como a maminha. Suas empanadas ficarão muito mais autênticas.

Agora, mãos à obra...


Empanadas Mendocinas

Ingredientes
Massa
1/2 litro de água
1 colher de sopa de sal
50g de manteiga
650g a 800g de farinha 00 (ou a tradicional, se não achar esta)

Recheio
1 peça de 500g de maminha
1 lata de cerveja preta
3 cebolas picadas
1/2 xícara de azeitonas
3 ovos grandes, cozidos e picados
3 gemas cruas, misturadas
sal, pimentas, azeite e manteiga a gosto


Como fazer

Dia 1
Recheio - tempere a maminha com sal, coloque em um saco próprio para assar, despeje a cerveja e faça um pequeno corte na parte de cima do plástico. Asse por 2 horas a 180°C.
Retire do forno e aproveite enquanto ela estiver quente e derretendo para desfiar com um garfo.
Doure a cebola no azeite, acrescente a carne desfiada e as azeitonas.
Tempere com sal e pimenta e reserve na geladeira até o dia seguinte.

Massa - ferva a água com sal (salmoura) e acrescente a manteiga. Retire do fogo e reserve.
Quando esfriar comece a incorporar a farinha, uma xícara por vez, na mão ou na batedeira.
Sinta a massa, ela deve ficar dura e seca.
Divida na metade, e comece a abrir a massa, até fica bem fina.
Faça discos de aprox. 12cm, envolva com filme plástico e leve à geladeira.


Dia 2  
Retire a massa e o recheio da geladeira 30 minutos antes de usar.
Monte as empanadas, colocando um disco sobre sua mão e acrescentando um pouco do recheio, um pedaço de ovo cozido e um pedacinho de manteiga.
Molhe as extremidades com um pouquinho de água e feche, torcendo a massa.
Pincele com a gema, para dourar e asse por 20 minutos em forno pré-aquecido a 180°C°.

Rende 40 empanadas médias.

Fotos: Livro Siete Fuegos, Mi Cocina Argentina


Trabalho que compensa....


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, sugestão ou crítica!

Bruna