terça-feira, 20 de setembro de 2011

Em Florianópolis... Ostras!

Sempre que chego aqui elas são a primeira comida que me vem à cabeça. Embora seja possível encontrar ostras de Florianópolis em vários lugares de São Paulo (no restaurante Le Vin, por exemplo), aqui elas são melhores! Simplesmente porque estão mais frescas. 

Por isso, não tinha dúvidas que o primeiro prato por aqui seria com elas. Rápida visita ao Mercado Público e voltamos para casa com uma dúzia de ostras carnudas e bem frescas! O tradicional seria degustá-las in natura ou gratiná-las com molho béchamel e queijo. Mas aí não seria novidade, não é?

Então, optei por uma sopa! Bastam alguns ingredientes, uns poucos minutinhos e pronto! Simples e perfeita para o fim de inverno na praia...



Sopa de Ostras

Ingredientes
12 ostras
250ml de leite
250ml de nata
sal, pimenta e noz-moscada a gosto

Como fazer
Aqueça o leite e a nata em fogo médio, até quase ferver.
Adicione as ostras, tempere com sal e pimenta.
Cozinhe em fogo baixo por 5 minutos.
Na hora de servir, decore com salsinha.



E para quem estiver por aqui querendo provar ostras perfeitas... O destino é um só:

Ostradamus
Rua Baldicero Filomeno, 7640 - Ribeirão da Ilha
Florianópolis - SC, 88064-002
(0xx) 48 3337-5711

www.ostradamus.com.br

12 comentários:

  1. Adoro ostra, estive em Floripa mês passado e quase morri quando vi o preço das ostras no mercado público... Vale muito a pena! Aqui em Porto Alegre não se encontra... Como estávamos em um hotel, nem cogitei comprar, mas para matar a vontade, no mesmo dia comi elas gratinadas em restaurante na lagoa da Conceição... Muito bom! Bjs, Ju

    ResponderExcluir
  2. Bruna querida, sabia que sua visita a Florianópolis iria dar em delícia!
    Já começou muito bem :)
    Adorei a sopa! A receita me fez pensar naquele famoso ditado popular: alguma vezes, menos é mais ;) Tenho certeza que o sabor das ostras foi perfeitamente valorizado :)
    Um abraço, Queila

    ResponderExcluir
  3. Ah Bruna, como sempre você com suas receitas maravilhosas e criativas! Confesso que não gosto de ostras, mas só provei in natura com limão, acho que assim eu me arriscava fácil!
    Boa viagem, aproveite bastante!
    Ah, adorei o nome do lugar, Ostradamus hehehehe

    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. AMO ostras, AMO floripa e AMO o Ostradamus!
    Que delícia hein? Coma bastante por mim!
    Beijão

    ResponderExcluir
  5. Bruna,
    Adoro ostras, como saboreei sopa de ostra, mas sendo ostra fresca é sempre deliciosa.
    Beijo.
    Vânia

    ResponderExcluir
  6. Bruninha, sua chegada a Floripa, já começou arrasando, e disso eu não tinha dúvidas. Que delicia de receita, adoro ostras e fresquinhas assim tiradas do pé (kkkk) não tem coisa melhor. Linda sua sopa e com certeza deliciosa. Aproveite muito, mas muito mesmo... Beijinhos

    ResponderExcluir
  7. Aiiii que delicia BRu!!!!
    Aproveite muito!!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi Bruna! Estou há um bom tempo em busca de acertar o creme brulee. TODOS os que eu já fiz deram errado. Ficam com uma consistência horrorosa, oleosos, moles demais, duros demais.....enfim...uma caca. Não faço ideia de onde estou errando. Daí vi seu comentário em um outro blog de culinária, dizendo que sempre faz. Resultado, vim parar no seu blog, mas não achei o creme brulee tradicional (vi o de limão e o de doce de leite). Você já postou a receita do tradicional? Se não, poderia postar????? Obrigada! Leila

    ResponderExcluir
  9. Eu nunca provei ostras. Já tive oportunidade mas tenho receio, aquelas bobagens sabe... e parece tão delicioso...
    =)
    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Já provei ostras e gostei muito, contudo nunca fiz em casa por ter receio que não fiquem saborosas, ainda não tinha encontrado uma receita que me convencesse. Adorei esta receita catarinense ;) e estou convencida a experimentar!!

    De certeza que a mãe adorou os biscoitos ficaram lindossss!!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  11. Bruna,
    Adorei a receita! Adoro ostras e quase não as como por aqui pelo Rio... Florianópolis é o lugar perfeito!
    Parabéns! Está com uma cara ótima!

    ResponderExcluir
  12. Pessoal, essa sopinha é tão fácil, que em 5 minutos está pronta! E para quem não e tão chegada em ostras, pode trocar por mariscos, vôngoles ou lula, mas essa tem que dar uma douradinha antes!

    Juliana, ostras na lagoa mata muito bem a vontade, né? Delícia!

    Queila, você está certíssima! Para quê colocar mais coisa, quando isso já basta? Você precisa fazer por aí!

    Vivian, dá uma segunda chance para as ostras! Tente uma gratinada, ou essa sopinha. Tenho certeza que vc vai mudar de ideia!

    Leila, o mais próximo do tradicional é um de banana, basta seguir a receita e ao invés de essência de banana, coloque somente o de baunilha. Tenho certeza que dará certo, esse é o link:
    http://www.gourmandisme.com/2011/04/creme-brulee-brasileiro.html

    Fla, hora de perder o medo e experimentar! É uma delícia!

    Sandra, estou curiosa para ver sua versão portuguesa das ostras!

    beijos a todos e obrigada pelos comentários!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, sugestão ou crítica!

Bruna