quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Steak & Stout. E como os ingleses deixam tudo mais chique...

Carne e cerveja preta. É isso que significa. Mas sempre me parece algo mais imponente. Pois é, os ingleses devem ter um dom para deixar sofisticado o mais simplório dos pratos... E quer algo mais simples do que torta de carne com cerveja preta? 

Alguns cozinheiros defendem que esta torta é uma evolução dos guisados. Que em algum momento da história, alguém teve a ideia de colocar a carne ensopada dentro de massa folhada e assar. Até pode ser... Mas o importante é que este clássico dos pubs ingleses é fácil de preparar e fica ainda melhor se o recheio for feito um dia antes. A suave complexidade do prato, dada pela cerveja preta, só melhora com mais tempo de descanso. 

A minha versão foi inspirada no meu chef britânico favorito, Gordon Ramsay. Mas como em clássicos não se mexe muito, as adaptações foram poucas: utilizei cerveja preta nacional, ao invés de Guiness; e suprimi o tomilho, que não gosto muito. Fora isso, acho que ficou muito próxima da versão original... 

Detalhe técnico: capriche ao colocar a massa folhada nos ramekins, sem fazer tantas emendas, como eu fiz. O resultado final acabou perdendo alguns pontos no quesito estética...




Steak & Stout Pie

Ingredientes
400g de coxão-mole, em cubos pequenos
2 colheres de sopa de farinha de trigo, temperada com sal e pimenta.
1/2 cebola, picada
1 dente de alho, picado
2 colheres de sopa de água
2 colheres de sopa de pasta de tomate
1/2 xícara de caldo de carne
1/2 latinha de cerveja preta
1/2 colher de sopa de molho de Worcestershire
1 cenoura, em cubos pequenos
1 pacote massa folhada Arosa

1 ovo grande, batido levemente com 1 colher de água (egg wash)
sal, pimenta e azeite a gosto


Como fazer
Pré-aqueça o forno a 180°C.
Seque os pedaços de carne em papel toalha, passe-os na farinha. 

Aqueça o azeite e, aos poucos, doure todos os lados da carne. Reserve.
Na mesma frigideira, coloque a cebola, o alho e a água, deglaçando o fundo da panela.
Quando a cebola amaciar, adicione o extrato de tomate e cozinhe por 5 minutos.
Adicione a carne e o suco que tiver soltado, o caldo de carne, a cerveja, o Worcestershire e a cenoura.
Tempere com pimenta e uma pitada de sal. Espere ferver e retire do fogo.
Transfira para um refratário que vá ao forno e cozinhe por 1 hora e meia, ou até engrossar o molho.
Abra a massa folhada conforme instruções do fabricante.
Forre com a massa dois ramekins individuais (fundo e laterais, deixando uma sobra para fora).
Coloque metade do recheio em cada um e cubra com um disco de massa folhada.
Pincele as laterais com o egg wash, para aderir bem, fechando a torta.
Em seguida, pincele também o topo da massa e cubra com outro disco de massa folhada.
Finalize com mais uma camada de egg wash, pressionando firmemente para as massas aderirem.
Refrigere por no mínimo 15 minutos (isso garantirá que a massa fique folhada).
Leve ao forno, já pré-aquecido, por 30 minutos ou até a massa dourar bem.




À inglesa...

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Jantar italiano express...

Definitivamente um dos melhores pratos italianos que fiz nos últimos tempos por aqui. Sabor surpreendente, facilidade de preparo e rapidez de execução. Os religiosos que me perdoem, mas é a santíssima trindade gastronômica

Como sempre, eu poderia falar sobre a história do prato ou minha inspiração para fazê-lo, mas desta vez vai ser diferente. O prato fala por si só: polenta, queijo gruyère, gema de ovo mole no meio, cobertura de queijo mascarpone e trufas negras, para comer de colherzinha e raspar o prato! 

Dispensa maiores comentários, não é?




Margottini Lombardi

Ingredientes
500ml de caldo da galinha
150g de farinha de grano duro pré-cozida (polenta italiana)
50g de queijo gruyère ralado
2 gemas
manteiga para untar
sal e pimenta a gosto

(molho)
2 colheres de sopa de mascarpone
1 trufa negra ralada na hora


Como fazer
Unte dois ramequins com manteiga.
Prepare a polenta, com o caldo de galinha, conforme as instruções do fabricante.
Coloque polenta até a metade e faça uma cavidade no meio.
Forre o buraco com o queijo ralado e coloque por cima a gema.
Cubra com mais queijo, e termine com polenta. Não deixe a gema encostar na polenta.
Leve ao forno pré-aquecido a 190°C e asse por 7 minutos.
Retire do fogo e deixe descansar 3 minutos, enquanto faz o molho.
Para isto, basta derreter o mascarpone, misturar as trufas e temperar com sal e pimenta.
Cubra cada ramequin com metade do molho e sirva.



E viva a Itália!!!


segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Daube Provençal no almoço de fim de semana

O Daube é o prato consumido nos almoços de inverno na Provença. As receitas variam muito, de vilarejo para vilarejo. Mas nunca deixam de ter uma boa carne, marinada em vinho rosé da região e aromatizada com ervas e legumes da estação. Além do incontestável sabor, este prato marca pelo delicioso aroma que vai deixando pela casa, enquanto cozinha lentamente por 4 horas. 

Para a minha versão, escolhi paleta de cordeiro; vinho rosé chileno (não achei o francês em um preço razoável para usar na cozinha); louro seco e tomilho fresco; cenouras baby (ficam mais charmosas no prato) e cebolas. Além disso, dois toques muito pessoais: um pedaço de mocotó (como no boeuf a la bourguignonne) e bacon. Para a finalização, algumas azeitonas pretas, tal e qual eles fazem por lá. 

Pouco trabalho, muito sabor e um dia delicioso, com o melhor do savoir-faire francês...



Daube Provençal

Ingredientes
1,5 kg de paleta de cordeiro, em cubos
1 mocotó
1 pacote baby cenouras
2 cenouras, picadas
4 dentes de alho, descascados
1 garrafa de vinho rosé
ramos de tomilho
folhas de louro
100g de bacon, em cubos
400g de molho de tomate
algumas azeitonas pretas para decorar
sal, pimenta e azeite a gosto

Como fazer
Faça a marinada com a carne e seu osso, mocotó, vinho, cebolas, cenouras, alho, tomilho e louro.
Mantenha no refrigerador por no mínimo 12 horas.
Na hora do preparo, coe a marinada, separando os ingredientes do líquido.
Comece dourando o bacon em um pouco de azeite.
Em seguida, acrescente os ingredientes da marinada. Doure tudo por alguns minutos.
Acrescente o molho de tomate, o líquido da marinada e 300ml de água.
Tempere com sal e pimenta e cozinhe em fogo baixo por 4 horas, mexendo de vez em quando.
Retire o osso e o mocotó da panela, antes de servir.




Sirva o daube provençal com batatas cozidas, azeitonas pretas e um raminho de tomilho.



sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Pequeno trabalho = grandes prazeres = frozen bananas!

A Amazon.com é minha fonte infinita de livros. Sempre estou por lá atrás de novidades, lançamentos e livros difíceis de encontrar por aqui. Até tenho o aplicativo deles no meu celular, caso precise comprar um livro com muita urgência... (deu para sentir a minha dependência?)

E numa dessas visitas online, cheguei ao livro On a Stick! do badalado blogueiro americano Matt Armendariz*, do MattBites.com. São 80 receitas de festa, para serem servidas no palitinho. E por quê no palitinho? "Porque comer assim é divertido, festivo e simplesmente delicioso", defende o autor.

Além disso, não é novidade nenhuma. Se voltarmos aos tempos em que não havia talheres ou fogões, os alimentos eram aquecidos sobre fogueiras, espetados nos palitinhos. 

Cachorro-quente, pizza, batatas, carne, donuts, cinnamon rolls e muitas outras ideias criativas recheiam o livro! E para estrear-lo, escolhi as Frozen Bananas mergulhadas em chocolate. A única alteração foi no tipo de chocolate. A receita pedia meio-amargo, mas eu usei a versão ao leite crocante, o que deu textura e completou perfeitamente o conjunto!

Simples, rápidas e uma delícia para terminar a semana...




Frozen Bananas

Ingredientes
3 bananas prata, descascadas
1 barra chocolate ao leite com cristais crocantes Hershey's
75ml de creme de leite
3 palitinhos

Como fazer
Derreta o chocolate em banho-maria.
Acrescente o creme de leite, misture bem e retire do fogo.
Espete as bananas com os palitinhos e mergulhe no chocolate.
Coloque-as em um prato forrado com papel manteiga e leve ao congelador por no mínimo 20 minutos.


Voilà...  Bom final de semana a todos!



* Ele também é co-autor de um outro livro que adoro, The Encyclopedia of Sandwiches, que já falei por aqui.  



quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Você conhece o Thiago Castanho?


Chef do ano pela VEJA Comer & Beber 2011/2012, a cada dia mais pessoas falam nele, no seu restaurante e nos seus pratos. Thiago Castanho é chef do restaurante Remanso do Peixe, em Belém, junto com seu irmão mais novo, Felipe.

Coube à ele encerrar o evento Paladar - Cozinha do Brasil, uma responsabilidade e tanto, que ele tirou de letra. Logo que entramos na sala, já víamos um enorme peixe deitado em frente ao fogão. 

O peixe era o pirarucu, tema do workshop, com 152 cm de comprimento e 47 quilos. No dia, o Thiago não quis dizer o que seria feito com o peixe, só disse que já estava encomendado. No caderno Paladar, do Jornal Estadão, saiu a notícia: ele foi defumado e cozido na panela de barro com castanha-do-pará e leite de coco, pelo comprador, o chef Alex Atala.

Mas, voltando ao workshop, foi uma delícia mergulhar nas gostosuras do Pará. O chef falou com entusiasmo de pimenta-de-cheiro, chicória, castanha-fresca e, claro, pirarucu. Peixe de água doce da Bacia Amazônica, a versão seca pode substituir perfeitamente o bacalhau, depois de dessalgado. Fica  ótimo assado, frito, cozido e ensopado.





Mas como só falar não adiante, teve degustação e receitas! Ele começou com um torresmo de pirarucu, acompanhado de açaí fresco do Pará (sem guaraná, brincadeira do chef). O torresmo é feito com a pele do peixe, desidratada e depois frita em óleo quente. Ela vai estourar, lembrando muito mandiopã (salgadinhos anos 80, feitos de fécula de mandioca, que tinha que fritar, lembram?)

O segundo prato, pirarucu defumado, é daqueles impossíveis de cansar. Equilibrado e saboroso, provou de uma vez por todas que peixe de água doce não deve nada aos do mar. Ele foi feito à partir do peixe seco, como o costume local.

Além disso, falou muito e muito bem do famoso Mercado Ver-o-Peso, de Belém. Maior feira livre da América Latina e reduto de todos os apreciadores de boa comida e bons ingredientes. Enfim, depois dessa aula, Belém é definitivamente um dos próximos destinos de viagem! 


Remanso do Peixe
Travessa Barão do Triunfo, 2590
Marco – Belém/PA
Fone: (91) 3228.2477



quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Um novo risoto para um novo vinho

Eu simplesmente amo o inverno! Talvez o fato de ser do Sul ajude, mas a verdade é que espero o ano inteiro por ele! Friozinho, cobertor, pratos quentes e gostosos. Até subir a temperatura, da noite para o dia! Pois é, na semana passada fez tanto calor por aqui que chegou a bater 30°C. Nessas horas, meio a contra-gosto, tem que ter mudança no cardápio...

E a mudança começou com camarões grelhados e um risoto leve de queijo coalho, bem brasileiro. E seguiu com o, até pouco tempo atrás renegado por mim, vinho rosé. Passava direto por ele, sem nem pensar duas vezes. Até começar a reparar a presença constante do dito cujo em algumas publicações francesas. Ele foi a sensação deste verão por lá.

Mas não qualquer rosé, uma denominação específica: o tavel. O mais famoso rosé da França, é produzido na região do rio Rhône. Com um aroma frutado, elegante e estruturado na boca, possui um tom rosado profundo. Devem ser bebidos jovens, próximos do ano da colheita. A temperatura ideal é entre 11°- 12°C. E o que mais nos interessa: é o companheiro perfeito para frutos do mar, ovos e queijo de cabra.

O escolhido para a noite foi o Tavel L'Espiégle 2008, disponível na Mistral, que recomendo fortemente para quem, como eu, quiser se aventurar por novos vinhos. 




Camarões grelhados com Risoto de Queijo de Coalho

Ingredientes
12 camarões tamanho G
1 cebola picada
150g de arroz para risoto
100ml de vinho branco
150g de queijo de coalho em cubinhos
50g de manteiga
azeite, sal e pimenta a gosto

Como fazer
Refogue a cebola no azeite, em seguida adicione o arroz e o vinho.
Deixe evaporar e vá acrescentando água, ou caldo de legume, até cozinhar completamente o arroz.
Acrescente o queijo e a manteiga e retire do fogo. Espere 5 minutos para servir.
Grelhe rapidamente os camarões, temperados com sal e pimenta.
Sirva com o risoto.



Para as quentes noites de inverno...



terça-feira, 23 de agosto de 2011

Criando coragem para assar uma barriga de porco

Desde que comi barriga de porco pela primeira vez, há 2 meses no restaurante Epice, fiquei com ela na cabeça. Simplesmente deliciosa, macia e muito saborosa. Mas só de pensar na gordura, faltava coragem para fazer em casa...

Bom, a coragem finalmente veio e com ela várias ideias. Primeiro, combinar a gordura da barriga de porco com algum legume, para tentar ficar mais light. Usei lentilhas verdes du Puy com um toque especial, pó de cogumelo. Ele é super simples de fazer, basta processar cogumelos secos da sua escolha e peneirar em seguida.

Então, ficou um prato quase de reveillon: porco e lentilhas! Mas foi bom para variar a rotina...




Barriga de Porco em cama de Lentilhas

Ingredientes
4 tiras de barriga de porco, com a pele
200ml de manteiga de garrafa
3 dentes de alho, esmagados e com casca
120g de lentilhas verdes du Puy
100ml de caldo de cordeiro
pó de cogumelo
sal fino, grosso e pimenta a gosto

Como fazer
Porco
Derreta a manteiga de garrafa em fogo baixo, com o alho. Reserve.
Tempere as tiras com sal grosso e coloque-as sobre papel alumínio.
Regue com a manteiga de garrafa e o alho.
Feche bem e leve ao forno, em temperatura baixa, por 2 horas.

Lentilhas
Cozinhá-las com o caldo, sal e pó de cogumelo por 30 minutos, ou até amolecerem.
Escorra, tempere com pimenta e reserve.

Montagem
Disponha metade das lentilhas em cada prato e sobre elas duas tiras do porco, com a pele para cima.



Mudando o cardápio...



segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Fish and Chips! E viva Londres!

Londres é uma cidade que me conquistou desde o primeiro momento. Os lugares únicos, o sotaque das pessoas, o clima da cidade! Planejei bastante a viagem para lá e tinha uma certeza: o primeiro jantar teria que ser em um pub, para comer fish and chips. Estava ansiosa para experimentar o famoso peixe com fritas inglês.

E, geralmente, quando a expectativa é alta, a decepção também é. Mas felizmente não foi o caso! Comi tão bem no Golden Hind que não quis mais comer o prato até o fim da viagem. Vai que desse azar e provasse um ruim? Queria guardar a lembrança do bom! 

E essa lembrança veio à tona esses dias, quando me deu a louca e resolvi fazer fish and chips em casa. A ideia de tanta fritura junta não me abalou e não sosseguei até achar o segredo daquela massa crocante, com o peixe carnudo e macio por dentro. Divido com vocês: pescada branca e nada de ovo na massa!




Fish and Chips

Ingredientes
300g de pescada branca, cortada em iscas grandes
1/2 xícara de farinha de trigo
1/2 colher de chá de sal
1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio
1/2 colher de chá de vinagre branco
1/2 xícara de água
1 pacote de batata-frita congelada, preparadas conforme instruções do fabricante
1 porção de molho tártaro
óleo de amendoim para fritar

Como fazer
Misture o sal e a farinha. Reserve.
Misture o bicarbonato e o vinagre, e na sequência adicione a água.
Junte esta mistura com a farinha e o sal, até ficar uma massa homogênea.
Mergulhe as iscas na massa, garantindo que todas fiquem totalmente cobertas de massa.
Vá fritando no óleo quente, aos poucos, até dourar (em torno de 3 minutos).
Seque em papel toalha, quando retirar do óleo.
Sirva com batatas-fritas e molho tártaro.



Porque todo mundo merece sair da dieta de vez em quando...




sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Brigadeiro gourmet, chegou a minha vez de fazer!

Eu sei, eu sei. Todo mundo já fez brigadeiro gourmet. Mas a ideia aqui tem um pequeno toque diferente: azeite de oliva trufado, no lugar da tradicional margarina! 

Talvez o primeiro pensamente que venha a sua cabeça é: "o sabor deve ser estranho". Mas eu garanto que não é! Pelo contrário, faz todo o sentido... O azeite traz sofisticação ao brigadeiro, enquanto o aroma de trufas traz complexidade. 

Para brincar com os sentidos, ao invés de colocá-los em copinhos com colherzinha, como geralmente vemos, resolvi fazê-los da forma tradicional, enroladinhos com chocolate granulado. Assim, por fora eles parecem os docinhos de festa, tal qual lembramos da infância. Mas, quando comemos, o novo sabor do chocolate com a trufa invade a boca e vem a certeza de que não é comida de criança...




Brigadeiro Gourmet com Azeite Trufado

Ingredientes
1 lata de leite condensado
1 barra de chocolate meio-amargo Hershey's
2 colheres de sopa de azeite de oliva trufado
1/2 xícara de chocolate granulado 

Modo de fazer
Em fogo baixo, misture o leite condensado, o chocolate e 1 colher de azeite de oliva. 
Mexa continuamente até a massa ficar homogênea e desgrudar da panela.
Retire do fogo e reserve em um recipiente diferente, para esfriar.
Modele as bolinhas, untando a mão com o azeite restante.
Passe no chocolate granulado e arrume em forminhas de papel.


Já estou pensando em testar com outros azeites aromatizados...


quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Bolo salgado também é bolo?

Adoro "bolos salgados", principalmente porque eles geralmente são feitos com azeite de oliva. A massa fica diferente, mais sedosa. Quase derrete na boca! Mas, sempre tive a dúvida, eles são considerados bolos?

Para esclarecer de vez, uma consulta ao pai dos burros tecnológicos, Wikipédia: "bolo é um alimento a base de massa de farinha, geralmente doce e cozido no forno". Geralmente doce, o que significa que pode ser salgado e ainda assim é bolo! Perfeito!

Então, voltando a minha receita, não re-inventei a roda, apenas substituí alguns ingredientes do Bolo de Azeitonas que fiz há um tempo. Tirei azeitonas e presunto, acrescentei queijo. Usei gruyère em pedaços maiores, para aparecer quando for cortado. E tipo grana padano, bem raladinho, para misturar na massa. 




Cake aux Fromages

Ingredientes
250g de farinha de trigo
10g de fermento em pó
4 ovos
150ml de azeite extravirgem
100ml de vinho branco seco
2 colheres de sopa de mostarda
150g de quejo tipo grana padano, ralado na hora
150g de queijo gruyère, cortado em cubinhos na hora
Sal e pimenta-do-reino moída a gosto

Como fazer
Aqueça o forno a 150°C. 

Unte uma forma de pão com manteiga e polvilhe farinha de trigo.Bata a farinha, o fermento, os ovos, o azeite, o vinho, a mostarda até obter uma mistura homogênea.Adicione os queijos e misture delicadamente. 
Tempere com a pimenta e adicione uma pitada de sal.
Coloque a mistura na forma e asse por 30 minutos ou  até espetar um palito e ele sair seco.



Perfeito para um fim de tarde...




quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Misturando tudo... Aspargos, cogumelos, ovos e trufas!

Dificilmente tenho companhia para cozinhar. Como o marido não se entende com as panelas, já me acostumei a trabalhar sozinha. Então, quando recebo um convite para preparar um jantar a quatro mãos, fico feliz da vida! Ainda mais com uma amiga querida que é excelente parceira nas aventuras gastronômicas!

Foi muito fácil definir o tema do jantar: trufas. A partir disso, começamos a combinar os pratos. Para entrada, aspargos, cogumelos, ovo e torrada, tudo regado com azeite de trufas. Na sequência, alguns repetecos aqui do Gourmandisme: queijo brie assado com mel de trufas e nhoque de mandioquinha trufado. Para a sobremesa, também teve trufas, mas é assunto para outro post!

Voltando para a entrada, além dos ingredientes deliciosos, o charme dela fica com a mistura de texturas. Eu explico, como os aspargos são levemente cozidos e depois grelhados, ficam al dente. Já os cogumelos, dourados na manteiga, ficam bem carnudos. O ovo, com a gela mole, se esparrama quando furado. E o pão grelhado, bem crocante, completa a mistura e fica perfeito mergulhado na gema.




Aspargos, Cogumelos e Ovo Caipira regados com Azeite de Trufas

Ingredientes
12 aspargos verdes
100g de cogumelos de sua preferência (se tiver eryngui, melhor)
4 fatias de pão italiano
4 ovos caipira
Azeite trufado, sal e pimenta a gosto

Como fazer
Cozinhe os aspargos amarrados em pé, com as pontas fora da água por 5 minutos.
Desligue o fogo e vire as pontas para baixo, deixando-as na água por 2 minutos.
Em uma grelha, doure os aspargos e pão italiano. Reserve.
Em uma frigideira, doure os cogumelos com manteiga, até amolecerem. Tempere com sal e reserve.
Frite os ovos ou faça-os poché. Reserve.
Em um prato, coloque os aspargos, os cogumelos e o ovo por cima.
Tempere tudo com sal, pimenta e azeite. Decore com a torrada e sirva.


Simples, fácil e, o principal, muito gostoso!


terça-feira, 16 de agosto de 2011

Resultado Sorteio Hershey's

Chegou ao fim mais um sorteio Gourmandisme. Definitivamente o mais doce de todos! E com grande participação de vocês... Foram 213 inscritos!!! Então, sem mais demora, vamos ao ganhador (a):


Parabéns Ana Kaddja!!! Um e-mail será enviado solicitando os seus dados para envio da cesta!

Obs.: Caso a ganhadora não entre em contato nos próximos dois dias, outro sorteio será feito.



Lista de inscritos:
  1. Stefânia Barreto
  2. Sandra Reis
  3. Cris Leite
  4. Adriana Nascimento
  5. Ana Paula Vono
  6. Manoela Neves Siewerdt
  7. Elisa Alvarenga
  8. leticia almeida
  9. Fernanda Mattos
  10. Cecilia Padilha
  11. Regiane
  12. Suellen Saab
  13. Patricia Lorenzetti
  14. Sheila Consolo
  15. Alessandra Macedo
  16. Patty Martins
  17. Virtual Chef
  18. Marcela Freire
  19. Talita Barbosa
  20. Carolina D. Ballerini
  21. Regina Vares
  22. Elen 
  23. Katia Bonfadini
  24. VIVIAN
  25. Felismina
  26. Fla Teles
  27. Paula Salomão Martins
  28. Amanda Cope
  29. Celia Regina Siqueira
  30. Daniana Bittencourt
  31. Sandra Batista
  32. Deborah M Salaroli
  33. Maria Capai
  34. Camilla Rocha
  35. Priscila Maximiano
  36. Tricia Paiva Maximo
  37. Luísa Alexandra Marques
  38. Sónia Pires
  39. Daniele Fraga
  40. Danieli C.
  41. Karina Hecleia Oliveira
  42. Manuela Escariz
  43. Érica Monteiro Ladislau
  44. Léia
  45. De Cordeiro
  46. Maria Josy
  47. Adriana Rodrigues de Melo e Silva
  48. Renata 
  49. Túlio Márcio Nunes de Sousa
  50. Monica Uehara
  51. Marcelalalala
  52. Aline Roberta da Silva
  53. Tatiana Campêlo e Silva
  54. Cileida Ribeiro
  55. Andrea Betarelli 
  56. Lylia
  57. Ana Kaddja
  58. Richie
  59. Janita
  60. Claudia Tescari
  61. leilane teixeira da silva nascimento
  62. Luzimary Andréa
  63. Lina
  64. Evelyn dos Santos
  65. Regina Fernandes
  66. Juliana Campelo
  67. Lisiane Naisinger 
  68. Maura Bianco
  69. Flavia Pantoja
  70. Sâmia Torresini
  71. vicentina
  72. Lariane Alaine
  73. Sérgio Gomes
  74. Daiana Gutierrez Villca
  75. Regina Yumi Omizu
  76. Liane Biancamano
  77. Marly Oliveira
  78. Cynthia Goetz
  79. Tatiane Penteado
  80. Queila Vasconcelos
  81. Katia Matos
  82. Isabel Pereira Salvador
  83. Angela
  84. Carol Fernandes
  85. Carolina Volpe Amador
  86. Vanessa T S Faria
  87. Wanderleya Gallo
  88. Marina Werner Ribeiro
  89. Karine Mariath
  90. Sabrina Scussulin
  91. Fabiana Y.
  92. Regina Cabral Kaetsu
  93. Adriana
  94. Fabiola Passeto
  95. Natalia Portilho Rodrigues
  96. Gisele Fagundes
  97. sonia aparecida fioratti
  98. juliana almagro
  99. Déborah Brito
  100. Ingrid Pimenta
  101. Camila Barros
  102. Ana Carolinny Candido
  103. Larissa Meira
  104. Denize Lemos
  105. Bárbara Belchior
  106. Sanélia Nascimento
  107. Denize Silva
  108. Gabriela siqueira
  109. Luana Marcolim
  110. Cristiane Bertho Tavares
  111. Ana Claudia Tavares Brandão
  112. Rafaela zelenski
  113. Fernanda Henriques
  114. Carlos Augusto Garcêz Machado
  115. luana oliveira
  116. Lucia Marina Pires
  117. rosana paschoalim
  118. Gláucia Lourenço Soares
  119. Luciene Mendes
  120. Ana Maria Santos
  121. Karine Ferrer
  122. Juliana Melo
  123. Gabriela Lira da silva
  124. Cristiane Bachmann
  125. Ana Cristina
  126. ana claudia
  127. Vera Munhoz
  128. Luciane scotta
  129. Renata Gonçalves
  130. Tereza Granate
  131. Andréia B. Borba
  132. EduLuz
  133. Adriana C.Sousa
  134. Déia Feminices
  135. Karina Monteiro
  136. Carine Araujo Lima
  137. Claudinéia da Silva
  138. joana karina
  139. Natalia Sousa
  140. Priscila Lucas 
  141. Simone
  142. Suely Ronsoni
  143. Rosiane Carvalho
  144. Claudia Regina Romanzini
  145. rosana fiuza
  146. Maria Tereza Maranhão
  147. Geisla Lemos
  148. angela
  149. Juliana Almeida
  150. Patty Freitas
  151. sadhia michelli 
  152. Vilma Gonsales
  153. Mariana Rolim
  154. Lilian da Silva Cardoso
  155. Marcia Pinto Barcelo 
  156. HANNALU MENDES DE ANDRADE
  157. Karina dos Santos
  158. Maria Aparecida de Oliveira
  159. Lucilene Mendes
  160. Karina
  161. regina garbulho
  162. Mariane Queiroz
  163. Vanessa Campos
  164. Rosangela Santos
  165. Marina Baravelli
  166. marjorieacuriosa
  167. Daniela Forti
  168. Luana Las Heras
  169. Ana Paula C. Lazzarotto
  170. Viviane Alves
  171. Sabrina Silva
  172. Maricelia Ribeiro
  173. Gisele Cristina de Oliveira
  174. fernanda reimao
  175. Juliana Cristina Dias
  176. Nana Ricchetti
  177. Sra. N
  178. Olivia Dias
  179. Priscila Aline de Nardo
  180. Jaqueline de Oliveira
  181. Albertina Torres
  182. christina
  183. Lourdes
  184. Rose
  185. Nanda Santos
  186. Mary Pavan
  187. Peco Nogueira
  188. Renata Lacerda
  189. Heide Gauche
  190. Carine Callegari
  191. Carla Maicá
  192. Juliana
  193. Cecília Gadelha Costa
  194. Andréa Potsch
  195. Alexandre Roberto Pugles
  196. Marlene
  197. TÂNIA SETTE
  198. Ana Carolina
  199. Francielli Cirino
  200. Luciana Helena Cisi
  201. Silvana Camargo
  202. Lenir Tomazi Varela
  203. Adenilze Barreira
  204. Letícia Melo Giacomin
  205. Luciana Samaniego
  206. Teresa Newman
  207. RAICA CARVALHO
  208. @noguc
  209. Roberta Wandrey
  210. Liliane Marinho
  211. Karolina Ribeiro
  212. Adriana Viaro
  213. Lucas Rodacoski


Muito obrigada a todos que participaram e a Hershey's pela deliciosa cesta!!!