quinta-feira, 9 de agosto de 2012

O caminho para a Le Cordon Bleu...

Queridos leitores, rápido e singelo pedido de desculpas pela ausência. O motivo foi nobre: com o fim das aulas, minha mãe veio passar 10 dias aqui comigo! Paris foi pequena para tanta coisa que fizemos! Mas, voltando ao blog... 

Como já havia falado lá no primeiro post sobre Paris, moro no 15˚ arrondissement, um bairro bem parisiense, sem nenhum turista. O que significa lugares autênticos e super charmosos. No dia da minha  formatura do primeiro módulo, 27 de julho, fiz meu caminho para a escola bem devagar... Reparando em tudo, cada detalhe, cada loja, cada lugarzinho especial. E bati várias fotos. 

No meu caminho tem loja de foie gras...


Loja de mel do ladinho da loja de queijos...


Frutaria...


Loja de cafés e chás...


Peixaria...


Boutique de doces...


A padaria...


E supermercado para comprar o que faltar...



A conclusão disso tudo? Os franceses levam a comida muito a sério! Não se importam em passar por várias lojas pequenas, se isso significar ter o melhor produto em casa. Comer bem é essencial!

E com tantos lugares charmosos ao redor, é fácil, né?


Bom, agora estou de volta à São Paulo pelas próximas duas semanas! Mas nada de descansar, já estou com uma lista de pratos deliciosamente franceses para por em prática as novas técnicas aprendidas! Preparem-se...


11 comentários:

  1. Oi Bruna!
    Minha mulher costuma dizer que a cozinha é alma da casa. Ainda bem que ela pensa assim, sempre há uma receita diferente e mesmo o dia a dia tem algo especial. [sorrio]
    Parabéns pelo blog e pela postagem! Prazer estar aqui! Com tempo, venha ler e comentar O CÔNCAVO NA AXILA DIREITA DE ROSALMA no http://jefhcardoso.blogspot.com
    Abraço!

    “Para o legítimo sonhador não há sonho frustrado, mas sim sonho em curso” (Jeferson Cardoso)

    ResponderExcluir
  2. Que coisa boa!!!!
    Estou ansiosa pelas novas receitas!!!

    Bjs,
    Dani

    ResponderExcluir
  3. Que belo post.
    Ai que delícia que deve ser ir pra Le Cordon Bleu.

    ResponderExcluir
  4. lindas fotos! Paris é demais! ansiosa pelos seus proximos posts!!! seja bem vinda!!!

    ResponderExcluir
  5. Excelente a descrição do 15ème. Uma dica: não sei se você gosta de pão integral mas tem uma padaria na Rue Cambronne, em frente à peixaria que mostra uma faixa do tipo "melhor pão integral orgânico de 2010" (ou algo parecido). O pão é mesmo espetacular mas tem que deixar na geladeira. Eu não fiz isso e no 2o.dia ele tinha mofado completamente, provavelmente por causa do levain. Também não sei se dá pros teus horários apertadíssimos porque, se não em engano, esse pão sai no final da tarde.

    Cassia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cassia, dica anotadíssima! Vou procurar essa padaria na Cambronne sim! obrigada :)

      Excluir
  6. Ana Cristina Leite12 de agosto de 2012 00:20

    Foram 10 dias maravilhosos, vão ficar na memória e no meu coração!
    Conhecer Paris com essa "francesinha" foi maravilhoso...
    Bruna, você tem um olhar especial para cada cantinho, cada esquina... consegue capturar o mais autêntico charme de Paris!!
    bjosss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já estou com saudades e esperando o repeteco :)

      Excluir
  7. Bruna, eu já fiquei hospedada no 15˚ arrondissement, quando voltamos de uma excursão à Tunísia e gostei do ambiente justamente por ser bem residencial e longe da aglomeração de turistas! Quando voltamos no ano seguinte, ficamos hospedados no mesmo local e lembro de uma loja de decoração linda, na qual comprei minhas cadeirinhas marcadoras de lugar! É uma delícia a sua vozinhança!!!!!!! E que ótimo receber a visita da sua mãe por 10 dias, tenho certeza de que curtiram bastante! Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Katia querida, o 15o arr é muito legal mesmo, bem autêntico! Se voltar até o fim do ano me avise, podemos tentar um café :) ahhh e ter a mãe por perto é sempre uma delícia, já estou com saudades dela!!!! bjos

      Excluir

Deixe seu comentário, sugestão ou crítica!

Bruna